Telefone: (11) 3262-3634

Vitória no julgamento do IRDR

É com muita alegria que nos da Lumina informamos que na quarta-feira (13/03/2019) conseguimos uma importante vitória na justiça, tendo a Corte Especial do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás decidido no processo nº 5174137.20.2018.8.09.0000 que as indenizações trabalhistas da Encol devem ser corrigidas pelo índice do INPC, como estávamos pedindo, e não pela taxa TR como queria a massa falida da Encol. A decisão deste IRDR se estenderá para todos os clientes da Lumina, exceto para aqueles que estão na primeira ação revisional nº 117639-69.2014.8.09.0051 protocolada em 03/04/2014, pois este processo está aguardando decisão do Superior Tribunal de Justiça, em Brasília.

Deste modo, em aproximadamente 03 semanas todos os processos (exceto o da primeira ação revisional que continua tramitando com preferencia no STJ) voltarão a ter andamento, e os valores das indenizações, apos julgadas, serão obrigatoriamente atualizadas pelo índice do INPC após 16/03/1999.

No julgamento tivemos a presença da Associação Brasileira de Credores Trabalhista da Encol, representada pelo presidente da associação Luiz Eloy, e de outros associados e clientes, também houve repercussão na mídia goiana, circulando em importantes canais de comunicação, conforme vídeo da cobertura feita pela Record.

Tudo isso foi muito importante e nos deixa mais próximos da recuperação dos direitos trabalhistas tão aguardados, seguimos firmes na luta e contando com o apoio de todos.

Trecho retirado da reportagem feita pela TV Record
Jornal Opopular - 14/03/2019

Abaixo, link da cobertura do julgamento feita pelo G1.

https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2019/03/13/core-de-goias-determina-que-encol-pague-direitos-trabalhistas-corrigidos-por-indice-usado-em-reajuste-salarial.ghtml